PostHeaderIcon 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos

dia_Internacional_dos_Direitos_Humanos_-_10_de_dezembroNeste dia 10 de dezembro, quando se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos, a Ordem dos Agentes da Paz e da Solidariedade (OAPAZ), parabeniza a todos os que direta ou indiretamente atuam na causa da paz e dos direitos humanos através de uma ação pacífica mas séria e com resultados concretos na defesa dos desassistidos.

A Oapaz vai poder fechar este ano de 2014 tendo relatório recheado de ações exitosas para apresentar. Desde conflitos em relacionamentos conjugais, espirituais, profissionais até na área de saúde onde pessoas que estavam tendo seus direitos feridos e desrespeitados e graças a uma atuação de verdadeiros Agentes da Paz e da Solidariedade ligados a nossa ordem, os direitos destas pessoas foram reconhecidos, valorizados e respeitados.

Como o caso que foi o primeiro concluído em janeiro deste ano (pois teve início em dezembro do ano passado) quando Jamil Antonio Luminato ( 53 anos), que teve seu nome publicado em jornais do Rio de Janeiro e da cidade de Petrópolis onde foi considerado o herói da tragédia das enchentes que no ano de 1981 destruiu parte do município deixando ao desabrigo muitos moradores. Passou-se o tempo e ele foi esquecido até mesmo quando precisou fazer uma cirurgia da vesícula e não conseguia vaga nos hospitais fazendo com que passasse a correr risco de morte pelo agravamento do seu quadro clínico.

 Graças a uma consistente atuação da Oapaz e de alguns Agentes da Paz e da Solidariedade na defesa do Jamil, se conseguiu com que o seu direito a saúde fosse reconhecido e respeitado, com a sua internação e cirurgia. E além da recuperação da saúde, ainda foi auxiliado na recuperação dos seus documentos perdidos com o desabamento da sua casa na nova tragédia de enchentes desta vez no ano passado.

Leia nas próximas postagens, a história mais detalhada desta ação em favor do Jamil e outras mais.

 

Fonte do banner: Direitos Humanos do Brasil

 

Artigos Relacionados:
Cláusula compromissória faz parte de 90% dos contratos
Não há duvidas de que a cláusula compromissória que está sendo colocadas nos contratos hoje, é um gerador de demandas para um tribunal arbitral...
Palavras de um dos ex-presidentes do Tribunal de Justiça de MG sobre a missão de um pacificador
Querendo definir o que representa o ato de um pacificador, não encontraríamos palavras tão poéticas quanto reais do que a do Desembargador...
Tribunais cristãos podem reduzir os efeitos danosos dos escândalos
Se não é possível acabar com os escândalos envolvendo evangélicos, pelo menos é possível reduzir a quantidade dos que chegam ao conhecimento...
Mais de 80% dos conflitos se resolvem na conciliação
Tomando-se por base as pesquisas que o meio secular tem realizado, seja na justiça comum, seja em tribunais arbitrais não cristãos, cujos...
Brasil é um dos maiores usuários da arbitragem
Maurício Gomm Santos, especialista em arbitragem Hoje atuando como consultor em Direito Internacional nos Estados Unidos e professor da...