PostHeaderIcon Junte-se a nós: juntos seremos mais fortes e faremos muito mais!

Este vídeo (clique aqui para assistir) dá uma ideia da visão que tem a Oapaz – Ordem dos Agentes da Paz e da Solidariedade: diante de um país tão gigante em tamanho geográfico e população como o Brasil; e diante e situações adversas igualmente gigantes como enchentes, secas, desabamentos e acidentes, a Oapaz sente-se muito pequena e os agentes da paz muito frágeis. Mas em grande quantidade e unidos, se consegue ser forte suficiente para remover grandes barreiras.

Desconhecemos a autoria deste vídeo e até mesmo se ele é verdadeiro ou se é montagem. Mas não desconhecemos a frase que neste ano de 2014 se tornou o nosso lema: JUNTE-SE A NÓS: JUNTOS SEREMOS MAIS FORTES  E FAREMOS MUITO MAIS!

Afirmamos isto pelos resultados que já estamos vendo após a implementação das novas estratégias operacionalizadas neste segundo semestre de 2014 quando desde então muitos novos agentes já se juntaram a nós e outros estão se juntando. Fortíssimas parcerias já foram formalizadas e outras estão sendo.  Alguns projetos já entraram em execução e outros estão em tramitação.

Por isto, escolhemos este vídeo para espelhar a nossa atual realidade. Graças ao grande e poderoso Deus que neste no de 2014 realizou milagres abrindo portas que nem havíamos pensado em 2013. E os resultados já estamos vendo, mas se verá muito mais em 2015.

A Deus seja todo o mérito, além de toda a honra, a glória e o louvor! Aleluia!

Artigos Relacionados:
Mais um exemplo para a igreja evangélica
Mais uma iniciativa de uma instituição não-cristã, com o objetivo de promover a paz, a conciliação e a solução de conflitos entre as pessoas....
A atividade de conciliador começa a ficar mais popularizada
Desde o ano passado, o programa Fantástico (Rede Globo) vem apresentando dominicalmente um quadro pelo qual se pode ver um...
Um conciliador tem mais poder do que um juiz, de fazer justiça com a satisfação das partes envolvidas
Por ter mais tempo de ouvir as partes, o conciliador pode solucionar mais problemas do que um juiz, afirmou o juiz Ricardo Chimenti, do Conselho...
Mais de 80% dos conflitos se resolvem na conciliação
Tomando-se por base as pesquisas que o meio secular tem realizado, seja na justiça comum, seja em tribunais arbitrais não cristãos, cujos...
Mais um caso de cristãos que leva outro a juízo perante infiéis
Um casal de pastores quando ainda estavam em atividades ministeriais em uma denominação há trinta anos passados, foram avalistas em um...

Última atualização (Seg, 08 de Dezembro de 2014 21:22)