Logo da OAPAZ
Login de Acesso
Se ainda não é cadastrado para acessar informações OAPAZ, clique em REGISTRAR-SE aqui abaixo. Se já é cadastrado, digite o seu





Obrigado por se cadastrar conosco.

Entrar
Registrar-se

NewsLetters
Assine nossa Newsletter e receba sempre novidades em seu email.
Contador de Visitas
Você é nosso visitante nº279064

PostHeaderIcon 2018, um novo foco na Oapaz

2018_Novo_Ano_Novo_Foco_Sempre_OAPAZ

Neste dia 15 de janeiro de 2018, retomamos nossas atividades normais completas, após um tempo de paralização devido ao recesso parcial da nossa instituição. Parcial porque nem todos os setores paralizaram. E nem todos foram na mesma data, mas em ocasiões adequadas.

Agora, retomando a todo vapor e com a sua totalidade neste novo ano, a Oapaz tem um novo foco. Mas sem deixar de ser a Oapaz de quase 18 anos, sempre hasteando as bandeiras da paz e da solidariedade, mesmo em meio a tantas dificuldades, incompreensões, ingratidões. Mas também em meio a tantos apoios, tantas compreensões e tantos rostos felizes por terem sido alcançados pelas ações sociais e de ajuda humanitária desenvolvidas pela Oapaz e seus parceiros.

Quem nos acompanhar, em breve tomará conhecimento deste novo foco que, neste novo ano, será o novo norte da sempre Oapaz.

========================================================================

Última atualização (Seg, 15 de Janeiro de 2018 18:30)

 

PostHeaderIcon Dívidas e endividados: a atuação da igreja e a do Diabo

logomarca_lugcon

É de se lamentar que a intensidade de ação de destruição usada pelos mensageiros de Satanás para manter aprisionadas muitas pessoas através das dívidas, não enfrenta a mesma intensidade de ação de restauração por parte dos mensageiros de Deus.  Esta triste realidade é mais destruidora do que imagina quem está fora da situação de dívidas ou quem não convive de perto com quem está dentro dela.

Tem muitas igrejas, lideradas por pastores que tem em seu rebanho, ovelhas nesta situação desesperadora. E estes pastores estão subestimando o poder de destruição chamado dívidas e se mantém alheios como se esta ferida de suas ovelhas - membros de um corpo cuja cabeça é Jesus - não estivesse sofrendo tanto a ponto de muitas vezes não ter ânimo nem para ir ao culto adorar a Deus.

Sofrendo um membro, sofre todo o corpo. Muitos destes membros até são líderes de algum departamento da igreja mas que estão devendo não por serem “caloteiros” e sim por consequência de imprevisto tal como desemprego, doença na família. E sofre também a igreja pois cai a arrecadação de ofertas, dízimos e outras contribuições.

Neemias do século XXI

Para mostrar que esta triste realidade está bem atuante no presente e não apenas no passado (leia Neemias 5: 1-13) a partir de hoje publicaremos uma série de notícias e artigos tendo como tema, o assunto dívidas.

Com isto, espera-se alertar a comunidade evangélica, principalmente a liderança, para o que está acontecendo e se tomar atitudes, a exemplo do que fez Neemias quando soube que seus irmãos, para ter o que comer, tiveram que penhorar as terras, as vinhas e as casas. Outros tiveram que tomar emprestado. Outros, que sujeitar filhos e filhas à escravidão. Suas terras e suas vinhas não mais lhes pertenciam. Tudo por causa de dívidas aumentadas por juros extorsivos.

Neemias ficou furioso quando tomou conhecimento e tomou providências para livrar seus irmãos daquela opressão. Tomou uma atitude em defesa do povo.

Espera-se que a igreja, liderada por seus pastores, tome atitudes em defesa das ovelhas que estão sofrendo com tão injusta opressão.

Da nossa parte podemos ajudar, mas sozinhos não conseguimos fazer tudo. Você pode fazer alguma coisa por você ou por alguém.

SE TENS DÍVIDAS, entre em contato conosco procurando orientação.

SE VOCÊ NÃO TEM DÍVIDAS:

1 - Procure se capacitar para ser um dos Agentes Ajudadores dos Endividados. Você vai ajudar com orientações e ações que vai aprender e receber da nossa Capelania Financeira.

2 - Com certeza absoluta você conhece uma ou mais pessoas que se encontram nesta lamentável situação. Então ajude-a, indicando nossa Capelania Financeira.

Nossos meios de contatos são:

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Telefones: WhatsApp: (19) 9 8102-2320   -   fixo: (19) 3367-3597-Campinas-SP

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Última atualização (Dom, 17 de Dezembro de 2017 07:55)

 

PostHeaderIcon Campanha OAPAZ EM DEFESA DOS BONS PROFISSIONAIS

PASTORES_maus_e_bons

Nos dias atuais quando nós, como população, estamos sendo literalmente bombardeados pela mídia trazendo para dentro de nossas casas, sem mesmo pedirmos, uma saraivada de notícias mostrando tantos maus profissionais que deveriam ter a confiança de quem, deles precisa, a tendência é desacreditamos de todos.


São maus policiais, maus políticos, maus advogados, juízes, médicos… e até maus pastores. De todos eles nós dependemos, seja num dia, seja noutro. E teríamos que confiar tanto em sua capacidade como profissional, quanto em sua honestidade como pessoa.


No entanto, mesmo pagando elevados valores ou depositando a necessária confiança, somos desapontados e mal atendidos quando deixam de fazer o que precisaríamos e, não poucas vezes, fazem até o oposto do que, deles, esperávamos.


Como população, estamos cansados - mais que isto, estamos atônitos - sem saber o que fazer, a quem recorrer, em quem acreditar.

Isto nos leva a perguntar:

  • Será que todos são iguais?

  • Todos são maus profissionais?

  • Todos são desonestos?

  • Será que não existem bons profissionais?


JUZES_maus_e_bons

Se infelizmente a mídia não mente, mostrando os maus profissionais em todas as áreas de atuação, para nosso consolo, existem sim, os bons. E não devemos continuar no erro de, pré-julgando antes mesmo de conhecer, condenar a todos considerando-os corruptos, enganadores, desonestos, aproveitadores, mentirosos, exploradores…, maus.


Para a mudança desse pensamento errado e pelo fim desse prejulgamento, a OAPAZ - Ordem dos Agentes da Paz e Solidariedade, lança uma campanha de conscientização, provocando a todos nós a pensarmos. E isto será feito com uma série de banners nos quais faz uma pergunta e ao mesmo tempo responde, mostrando uma imagem de um profissional citado na interrogação.


Apelamos a você para que reflita. Para que não generalize condenando toda a classe. E para que participe desta campanha de conscientização e mudança de visão, antes que a generalização prejudique injustamente os bons profissionais.


Compartilhe o banner abaixo, para que mais pessoas sejam alertadas a refletir.

----------------------------------------------------------------------------------------------

EIS A COMPOSIÇÃO DA DIRETORIA BÁSICA. 6 membros, todos voluntários.


NOTA:

Básica por ser o mínimo necessário. Em havendo mais pessoas, se compõe então a diretoria completa que se constitui de 13 membros e, automaticamente, 13 funções. Igualmente todos voluntários.


Sobre DIRETORIA LOCAL (conforme previsto nos estatutos)

Prezados(as), segue algumas instruções e/ou informações. Sugere-se que imprimam ou anotem em separado para darem uma lida de vez em quando:


DIRETORIA DA OAPAZ LOCAL:


2 - A Diretoria Local é um órgão administrativo e executor das atividades da OAPAZ estritamente na cidade onde está constituída. É nomeada pela Presidência Nacional dentre os afiliados regularmente cadastrados como tal, todos voluntários (não remunerados) pelo prazo indeterminado, mas havendo a necessidade de uma recondução a cada ano, sendo composta por:
1 - Um Diretor Local;
2 - Um Vice- Diretor Local;
3 - Um Diretor-Secretário;
4 - Um Diretor-Tesoureiro;
5 - Um Diretor de Relações Institucionais; e
6 - Um Diretor de Atividades Sociais.

Compete ao Diretor Local:
I.   Zelar pelo fiel cumprimento dos objetivos da OAPAZ;
II. Orientar as atividades da entidade, cumprindo e fazendo cumprir as instruções recebidas da Diretoria Nacional ou Regional ou ainda Estadual;
III. Convocar e dirigir as reuniões da diretoria;
IV. Coordenar a realização de eventos, mobilizações sociais e demais ações previstas nos objetivos da Oapaz, sempre conforme as diretrizes recebidas da Diretoria nacional;
VII. Indicar membros para a diretoria dentre os demais filiados, com o objetivo de assessorar a diretoria na consecução de seus objetivos, principalmente na elaboração, condução e implementação de suas ações, campanhas e projetos e sendo pessoas de reconhecimento saber e idoneidade, nos campos de conhecimento afins com suas atividades;


Compete ao Vice-Diretor Local:
I. Substituir o Diretor Local em sua falta ou em caso de impedimento;
III. Assumir o mandato de Diretor, em caso de vacância, até o seu término;
IV. Prestar, de modo geral, sua colaboração ao Diretor para a consecução dos fins da entidade.

Compete ao Diretor-Secretário:
II. Auxiliar o Diretor na organização das reuniões da Diretoria;
III. Supervisionar a elaboração de relatórios, organizar e dirigir as atividades da secretaria;
IV. Guardar e arquivar livros e documentos da esfera administrativa.
V. Praticar todos os demais atos atribuídos pela Diretoria.

Compete ao Diretor-Tesoureiro:
I. Zelar pelo fiel cumprimento da área financeira da entidade local;
II. Supervisionar a elaboração de relatórios financeiros, prestação de contas, organizar e dirigir as atividades da tesouraria, conforme orientações da Diretoria;
III. Supervisionar os serviços de contabilidade;


Compete ao Diretor de relações institucionais:
I. Manter diálogo, interlocução e relacionamentos visando promover a OAPAZ e a sua boa imagem junto a outras organizações das áreas civil, militar, eclesiástica, política, governamental, religiosa
II. Promover o bom relacionamento da OAPAZ e a sua boa imagem junto a população e a sociedade em geral por meio de comunicações sociais e outras cujos meios se disponha;
III. Procurar articular em nome da OAPAZ e ouvir da sociedade e público o que têm a dizer sobre a entidade;
IV. Procurar junto a Diretoria, promover estratégias que mantenha sempre em alto índice, a identidade e a imagem da entidade;
V. Promover solenidades de condecorações e outorgas de títulos, em conformidade com as regras estabelecidas pela entidade e aprovadas pela Diretoria Nacional.


Compete ao Diretor de Atividades Sociais:
I. Adotar políticas sociais que visam cumprir os objetivos sociais constantes Dos objetivos da OAPAZ, através de atividades, ações ou mobilizações que resultem em fazer chegar as pessoas hipossuficientes, vulneráveis e a comunidade, os benefícios dos quais necessitam e que constem como objetivos da OAPAZ.
II. Promover ações com o intuito de sensibilizar e mobilizar a população local para a participação efetiva na definição, execução e gerência de políticas e programas sociais através de suas formas organizativas. 
III.  As atividades de que tratam os itens anteriores poderão ser realizadas diretamente pela OAPAZ ou por meio de entidades parceiras CONVENIADAS OU HOMOLOGADAS pela Diretoria Nacional, já atuantes nas áreas afins com as quais se possa promover uma integração;

Para ser aceito e nomeado para uma função de diretor, é necessário antes ser aceito como filiado, nos termos do descrito em:
http://www.oapazvirtual.net/AGENTE-DA-PAZ-/prod-831324/


Solicitamos a quem tem interesse em postular algum carga de diretoria, a leitura do artigo acima no site da Oapaz, a adequação nas funções/atividades acima e nos informar, a fim de que possamos proceder a devida análise e posterior nomeações com a emissão das devidas credenciais.


Última atualização (Qua, 29 de Novembro de 2017 06:37)

 
Vídeos Oapaz

Vdeos_de_Aulas       

Assine nosso canal no Youtube e receba muitos vídeos nossos
Plataforma Digital OAPAZ

cadastro_plataforma_2

Quer se livrar de DÍVIDAS?
Seja Agente da OAPAZ
Procura-se_AP_-_reduz
lugcon
tricris